Cadastre seu Nome e E-mail e receba nossas novidades!
Presidente
Presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Taubaté

Carlos Dionísio de Morais nasceu na cidade de Taubaté no dia 8 de abril de 1945, filho de Geraldo Herculano de Morais e Palmira Aparecida de Morais. Casado com a Sra. Maria Helena, Carlos Dionísio de Morais tem três filhos: Rodrigo, Felipe e Sílvia Helena.

O atual presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Taubaté, uma das mais conceituadas lideranças sindicais de nossa região, iniciou sua bem-sucedida carreira profissional como office-boy na loja “A Peralta”, tendo como seu primeiro patrão o empresário Boris Resnichenco.

Neste tradicional estabelecimento comercial taubateano, graças à sua dedicação e profissionalismo, chegou a gerente geral, constituindo uma verdadeira plêiade de clientes e amigos.

Formação
Persistente e dedicado, Carlos Dionísio aliou trabalho e estudos, formando-se em duas faculdades da Universidade de Taubaté: Educação Física e Ciências Jurídicas. Representando mais de 30 mil comerciários, ocupou ainda o honroso cargo de Juiz Classista, sendo na Justiça do Trabalho um conciliador sério e voltado para a defesa da classe trabalhadora como um todo. 

Além de presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Taubaté, Carlos Dionísio de Morais é Diretor Social da Federação dos Empregados no Comércio do Estado de São Paulo, compondo a equipe do presidente da FECOMERCIÀRIOS, Luiz Carlos Motta, sendo ainda Diretor da AJUCLA – Associação de Juízes Classistas da 15ª Região de Campinas.

Na presidência do Sindicato dos Comerciários, a entidade fortaleceu-se, cresceu e hoje, além da sede na cidade de Taubaté e de sub-sedes em Pindamonhangaba, Ubatuba e Campos do Jordão, criou duas CINTECs – Câmaras de Conciliação, instaladas em Taubaté e Pindamonhangaba, que atendem aos empregados no comércio e aos trabalhadores em geral, de categorias conveniadas, auxiliando sobremodo a nossa Justiça do Trabalho.
Projetos
O SINCOMERCIÁRIOS, além de oferecer uma série de benefícios aos comerciários, como assistência médica e jurídica, cursos profissionalizantes, balcão de empregos e colônia de férias, construiu em Taubaté três conjuntos habitacionais, com mais de 600 residências, em conjunto com a Cooperativa Habitacional dos Comerciários do Estado de São Paulo.

Atualmente o sindicalista está empenhado no projeto de construção do Clube dos Comerciários. Para tanto foi adquirida uma área de onze alqueires no bairro da Sete Voltas, onde algumas obras já foram feitas, como um grande lago para pesque-pague, um dos maiores da região.
O Clube contará ainda com restaurante, lanchonete, quadra poliesportiva, play-ground, estacionamento, trilhas para caminhada junto a um local deslumbrante, onde foram plantadas mais de 2 mil árvores nativas e frutíferas.

Outro projeto em desenvolvimento é a instalação da nova sede do sindicato, mais moderna e mais próxima do centro comercial. Para isso, já foi adquirido um amplo prédio na Av. Dr. Jorge Winther, no local onde funcionava a empresa Silber Móveis. Ainda em estudos, pretende-se ali instalar e ampliar todos os departamentos, e concentrar em um único local o SINCOMERCIÁRIOS, o Centro de Qualificação Profissional e um auditório para mais de 150 pessoas. Tudo isso com o objetivo de melhorar o atendimento para todos os comerciários de nossa base territorial.
Representatividade
Carlos Dionísio de Morais, sempre atendo à evolução do conhecimento, nesses tempos de globalização, participou em 2004 do “Curso de Especialização para Experts Latinoamericanos em Relações Laborais”, na Itália e Espanha, organizados pela OIT – Organização Internacional do Trabalho, quando foi representante do Brasil.

O curso da OIT reuniu representantes de todos os países da América Latina e Carlos Dionísio de Morais representou o Brasil. Baseado nesta importante experiência internacional, o sindicalista escreveu o livro “Empregos e Empresas na Era da Globalização”, objetivando difundir aspectos da globalização e outros temas pertinentes à classe trabalhadora, como a flexibilização de direitos trabalhistas.

Aliada à sua atividade sindical e trabalhista, como Juiz Classista da Justiça do Trabalho, Carlos Dionísio de Morais jamais se esqueceu de sua comunidade, atuando ao lado de sua esposa, Sra. Maria Helena, de várias entidades religiosas e sociais, como a Pastoral da Família da Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja, do bairro da Estiva.

É ainda um dinâmico rotariano, tendo participado, através de seu Clube, de inúmeras atividades. Carlos Dionísio de Morais ocupou a presidência do Rotary Club Taubaté Sul por três vezes e foi Governador-Assistente no ano rotário de 2001/2002 (Governador Sérgio Raphael de Andrea). Na entidade, entre outras atividades, colaborou para a implantação do Banco de Leite Humano e preside a Comissão Organizadora do Concurso de Desenho Odmir Danelli, que agora em 2007 chega ao 32º ano. Ao longo dessas três décadas, mais de 30 mil estudantes participaram desse Concurso, que ajudou a revelar muitos artistas, que hoje brilham nas artes e também como professores nos mais diversos estabelecimentos, como na Escola de Música e Artes Plásticas Maestro Fêgo Camargo, da Prefeitura de Taubaté.

No ano de 2007, esteve em Portugal e na Guiné-Bissau (África) participando do Congresso da Comunidade Sindical dos Países de Língua Portuguesa, representando a Força Sindical. Na oportunidade esteve presente a uma reunião do Rotary Club de Lisboa, neste programa de valorização e integração de todos os povos de língua portuguesa.